Secretária ou amante?

No final do expediente Stephany pediu para John ir até a sua sala. Todos já tinham ido embora. Só os dois ainda estavam no escritório.

— Precisa falar comigo? — perguntou John.

— Sim. O chefe não está muito contente com seus atrasos, sem falar que você anda muito desatento no trabalho. Parece que nem as férias resolveram o seu problema. Ele me pediu para lhe dar uma advertência.

— Tudo bem, eu mereço — disse John.

Stephany levantou-se e sentou sobre a mesa na frente de John. Ela estava de saia e John podia ver muito mais do que devia.

— Aqui está a sua advertência, pode assiná-la — disse Stephany com sua voz sensual.

John não acreditava que aquilo estava acontecendo. Stephany estava passando dos limites. Porém, John não resistiu e os dois fizeram sexo ali mesmo, na sala de Stephany.

— Não me diga que aquela história de advertência era mentira? — perguntou John.

— Isso mesmo, era só um pretexto para que você viesse até a minha sala. E aconteceu do jeito que eu planejei.

— Stephany, eu já lhe disse que você é uma mulher muito bonita, mas não tenho a intenção de namorar você.

— Sim, eu sei disso. Você já me falou em outra oportunidade. Mas você não está comprometido com ninguém, então não vejo problema algum em fazermos sexo.

— Isso é verdade. Eu jamais teria feito isso se estivesse traindo alguém. Mas se tiver uma próxima vez, que seja em outro local. Aqui no escritório é muito arriscado.

Livro: Onde está você, meu amor?

Veja o livro completo aqui: https://www.amazon.com.br/dp/B0186FC6TS/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s